Projeto Para Crianças

Pastoral da Sobriedade para Crianças e Ministério para Crianças:

 Inspirado pelo Espirito Santo Veja como nasceu esse projeto:

Bianca Ceron Gonçalves – Formada em Administração de Empresas pela Faculdade Maria Augusto Ribeiro Daher é Educadora Social, casada com Olavo há 17 anos tem 3 filhos: Otávio (16 anos), Augusto e Giovanna (9 anos) como família participamos da Pastoral da Sobriedade da Diocese de São Jose dos Campos desde 2007. Depois de nos engajarmos na Pastoral da Sobriedade também somos agentes da Pastoral Familiar, Ministério de Música e Ministério das Crianças.

Nossas reuniões acontecem aos sábados às 19h30min na Paróquia Coração de Jesus – Av. Andrômeda, 3500 – Bosque dos Eucaliptos. Sala 22. Na Cidade de São Jose dos Campos.

Venham participar desta experiência com Jesus Libertador.

As crianças são merecedoras de respeito e carinho; tem livre acesso a Jesus, ninguém deve impedi-las. São, além disso, exemplo de como acolher o reino de Deus.

A proposta aqui apresentada tem como objetivo a Prevenção, uma vez que estaremos com as crianças durante o grupo de autoajuda.  Aproveitaremos este tempo para evangelizar nossas crianças, não apenas para “ficar” com crianças.

O grupo para as crianças deve diferenciar-se dos adultos não só na linguagem, no louvor, nas atividades, nas orações, como também na metodologia. A criança não é ouvinte ela é participante, aprende o que experimenta e a linguagem da criança é o brincar. Material concreto, dramatização, dinâmicas, jogos, fantoches, etc. devem fazer parte do dia a dia na evangelização. Pode-se fazer louvor, pregação, jogos para um grupo grande de crianças, mas é em pequenos grupos através da interação criança e evangelizador que se promove a verdadeira evangelização – partilhar da Palavra de Deus, partilhar da história de cada um, esclarecer dúvidas e enganos, estimular regras e compromissos com os valores do Evangelho, ensinar formas de oração etc.

Ambiente Físico

Local onde as crianças ficam deve ser sempre seguro, alegre, bem colorido e que as crianças sintam-se bem.

Apostila do Ministério para as Crianças 

Recursos para evangelizar crianças

O Evangelizador precisa ser dinâmico em sua forma de pregar a palavra de Deus. Não podemos esquecer que criança tem uma melhor assimilação, se utilizarmos métodos que realmente elas gostem de fazer. Usar recursos que mexam com a imaginação como também as faça interagirem com o tema, é de extrema importância para que a evangelização fique no coração para o resto da vida. As coisas que acontecem em nossa infância ficaram gravadas para o resto de nossas vidas. Podemos observar que existem momentos que nos lembramos de nossa infância ao passo que esquecemos coisas da semana que passou.

Que tal podermos ajudá-las a encontrar Jesus, para que este permaneça até o fim nelas? Não podemos esquecer que qualquer dinâmica é válida se o evangelizador tem espiritualidade, testemunho de vida e amor pelas crianças. A alma do método está no carisma do condutor, no amor e competência no que ele exerce.

Não podemos esquecer que qualquer recurso precisa ter consonância com o tema. Peça o Espírito Santo e se reúnam para que as ideias surjam. Tenha certeza que a graça irá acontecer quando se reza e se planeja o que vai ser feito.


Ilustraremos alguns desses recursos:
1.FANTOCHES

Existem vários tipos de fantoches:
a) De dedo e mão (Pintar a mão ou os dedos com a figura);
b) De sombra (Usando a penumbra fazendo formas na parede);
c) De varetas (Fazendo figura de papel, colocando uma vareta atrás);
d) De pano (De várias formas depende de quem a confeccionar);
e) De sucata (Usando material reciclável garrafas, caixas, etc.).

2. O CONTADOR DE HISTÓRIAS

A pessoa que conta histórias pode abrir as portas da imaginação infantil, usando a criatividade através de desenhos, objetos, sons, dramatizações, etc.

3. TEATRO

O Teatro é um instrumento poderoso de conversão. Usar esse recurso não só para que os evangelizadores façam como também para as crianças participarem, é um instrumento eficaz de evangelização. As encenações podem ser bíblicas ou não, faladas ou em mímicas.

4. ARTE E ARTESANATO 

Usar de pinturas, dobraduras, desenhos, material reciclável para confecção de brinquedos, fantoches e etc.

Estrutura das Reuniões Semanais

Acolhida 

Músicas alegres para descontrair e unir os participantes. (Músicas cristãs para criança)

Oração 

Oração para acolher o Espírito Santo (espontânea)

Músicas que invoquem o Espírito Santo para crianças.

Momento com Maria

Pregação

Explicar as crianças o que é ser cristãos e os passos, um programa que nos ajuda a levar nosso coração a Deus.

Não falaremos de drogas diretamente com as crianças. Os passos serão desenvolvidos de acordo com a realidade das crianças.

Explicar o passo do dia.

Associar o passo do dia a uma história bíblica. (Pode ser narrando, em teatro, fantoche, cartazes).

Partilha

Colocar as crianças sentadas em circulo.

Apresentarmos cada um por seu nome de batismo.

O que entendeu sobre a pregação.
O que mais lhe chamou atenção.
Como aplicar esta mensagem em sua vida;
Como levar a mensagem para os familiares, colegas e amigos.

Em qualquer outro, mas principalmente neste  pode ser que a criança fale sobre os acontecimentos referente a situação de dependência química  de seus familiares. È importante sempre ressaltar o amor de Deus pela criança e pelo dependente, sua oração em favor desta pessoa e a abertura do coração do dependente para Jesus. Para que ele possa transformar a vida. Para que ela possa renascer em Jesus.

Fixação

Dinâmicas, brincadeiras para fixação.

Para oração final sugerimos:

Oração para colocarmos o passo em prática.

Oração de agradecimento através de gestos e palavras;
Oração de intercessão por pessoas.

Oração rezada como Pai Nosso, Anjo da Guarda, Salve Rainha, etc.

Músicas.

Elaborado por  Bianca Ceron Gonçalves

bgceron@gmail.com

Maiores Informações: (12) 3903-5902

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>